Na base do conhecimento está o erro

Congresso PSD (3)

Paulo Rangel jamais será uma ruptura ou representará uma mudança relativamente à direcção cessante do PSD, enquanto estiver apoiado em pessoas como Pacheco Pereira.

Pacheco Pereira é a iminência parda do PSD. Limita-se a criticar tudo e todos que simbolizam uma alternativa ao seu pensamento e é particularmente feroz contra aqueles que são efectivamente uma evolução em relação ao passado.
Curiosamente, apesar de ser extremamente opinativo, Pacheco Pereira nunca teve a coerência, para não falar em coragem, de defender as suas convicções através duma candidatura à liderança do PSD.

Não sei há quantos anos é uma voz influente no PSD, mas a sua influência tornou-se nefasta. E à semelhança do que deve ter acontecido durante o mandato de Manuela Ferreira Leite, também Paulo Rangel estará condicionado por Pacheco Pereira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s