Na base do conhecimento está o erro

O PCP e o acordo da esquerda

Jeronmo e costa

Estrategicamente é natural que o PCP esteja disponível para esta iniciativa. Jerónimo tem que conter os efeitos, tanto endógenos como exógenos, do mau resultado eleitoral. Como tal, tem que estar à frente do BE. Até porque os bloquistas são o seu principal adversário e objectivo. Este acordo serve como uma luva para os interesses comunistas.

Paradoxalmente, não deixa de estar a dar mais importância ao resultado do BE do que devia. O resultado eleitoral do BE é menos consolidado do que o dos comunistas.

Por fim, tendo em conta que o PCP ficou atrás do BE, em votos e deputados, o histórico da convivência e relação entre estes dois partidos, não creio que seja possível chegar a um entendimento num único Acordo.

No meu entendimento, o cenário mais provável é a elaboração de dois acordos: PCP + PS e BE + PS.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s