Na base do conhecimento está o erro

Gestão agrícola pública

Costa sobreiros

António Costa sabe tanto de gestão pública como de agricultura.

Os sobreiros não se dão na areia. Isto não é novidade. Ou, pelo menos, não deveria ser. Uns, já mudos, sabiam disto. Outros, falantes, desconhecem-no.

Repito: Os sobreiros não se dão na areia. E as tentativas para o conseguir, i.e., plantar sobreiros nas dunas só demonstram as miragens que alguns políticos prometem, particularmente aqueles que defendem que o futuro de Portugal depende dos pinhais de sobreiros.

Mas tenham calma. Não se precipitem ou ofendam porque se António Costa tivesse tentado plantar um sobreiral de pinheiros, o oásis não seria menor e o destino seria igual.

Os sobreiros morreram, mas António Costa continua a prometer ilusões. Porquê? Porque sabe que os portugueses são a areia onde planta as ilusões. Para António Costa, Portugal não passa dum oásis! E assim deve continuar a ser porque quando as ilusões não resultarem o socialismo morrerá.

Como tal, para António Costa a diferença entre pinheiros e sobreiros é irrelevante. Tudo o que interessa é manter o poder.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s