Na base do conhecimento está o erro

Coerência comunista

pcp-j-sousa

A esquerda, em particular o PCP, insistem no aumento do salário mínimo para seiscentos euros. Mesmo sabendo que daí poderá resultar desemprego.

Como o PCP defende os trabalhadores e não os desempregados, esta posição não é de estranhar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s