Na base do conhecimento está o erro

Archive for 2014-10-08

E agora, Camarada Bernardino?

Em 2003, Bernardino Soares, quando era líder parlamentar do PCP, disse acreditar que em Pyongyang não existia um regime ditatorial. À data, estas declarações suscitaram reações de alguns dos seus companheiros de partido que afirmaram não terem dúvidas que a Coreia do Norte não era um país democrata.

Mas, Bernardino Soares, acreditando que tudo se tratava de propaganda ocidental, lá se manteve fiel às suas imaginações e ao regime norte-coreano.

Hoje, a Coreia do Norte admitiu a utilização de campos de trabalho para a reeducação e melhoria da mentalidade da população.

Definitivamente, a solidariedade já não é o que era.