Na base do conhecimento está o erro

Archive for February, 2012

Responsabilidades

 

O PS defende que é altura do PSD assumir responsabilidades, pois já é Governo há oito meses.

E o PS? Ainda não o vi assumir responsabilidades pelos anos de governação socrática.
Ou será que oito meses fazem esquecer seis anos?

Não são os socialistas os verdadeiros responsáveis pela austeridade?


Explicações?

Numa primeira leitura, parece perfeitamente normal que o Secretário-Geral do PS queira explicações sobre um novo empréstimo do Governo ao BPN.

O problema é que o O Dr. António Seguro tem que pedir explicações sobre o BPN porque ninguém no PS (ou do PS) sabe explicar o que aconteceu, porque aconteceu e como aconteceu, pois, aparentemente, o Sócrates, o Teixeira dos Santos e o Victor Constâncio estão incontactáveis.

(Alguém se lembra do montante que o Governo Socrático colocou no BPN?)

Infelizmente, somos nós quem tem que arcar com a (ir)responsabilidade socialista.

 


Sondagem


O Seguro conduz ao INSEGURO

A posição que o líder do maior partido da oposição – partido que negociou e assinou o acordo – manifestou à Troika já está a ter as suas consequências.

Leiam este artigo no Financial Times:  “Lisbon under pressure on bail-out terms”

Que imagem estamos a passar?

E convém não esquecer que quem gastou o dinheiro que não tinha como se nunca o fosse pagar foi, principalmente, o “nosso amigo” José Sócrates!


Não sabia nem pediu, mas utilizava!

Augusto Santos Silva, Ministro da Defesa Nacional de José Sócrates, era um dos ministros que fazia uso do cartão de crédito. Contudo, Santos Silva, no seu habitual cinismo,, afirmou desconhecer o plafond do “seu” cartão.

Terá ficado surpreendido

por ter um limite de 10 mil euros?

Naturalmente, não era o único utilizador de cartões de crédito do Ministério da Defesa. Havia mais e com plafonds generosos, cujos montante, só neste ministério, atingiam a irrisória quantia de 60 mil euros mensais.


CGTP: a renovação

Após uma longa carreira como sindicalista, Carvalho da Silva reformou-se (?).

A renovação que se segue é um regresso a uma postura mais extrema e radical.
Arménio Carlos (outro carreirista sindical) não foi unanimemente escolhido, mas é o novo rosto da CGTP.
Infelizmente, parece ser uma pessoa pouco razoável para quem os empresários e patrões são os inimigos.
Como nunca teve a responsabilidade de ganhar dinheiro para pagar salários a terceiros …
Ainda vou ter saudades do Carvalho da Silva.

(Tinha este post escrito há uns dias, mas como pouco saiba sobre o actual secretário-geral da CGTP procurei informar-me sobre o mesmo. Só após ter assistido ao prós e contras de ontem é que me decidi a publica-lo).


Será que o afirmou a quem de direito?

O actual lider socialista, António José Seguro, tornou publica a sua discordância com alguns dos pontos acordados com a Troika.

Ora, quem negociou com Troika foi o Primeiro-Ministro de então, o socialista José Sócrates.
Será que os pontos de vista que agora manifestou foram afirmados, na devida altura, a quem de direito?


110%

110% do PIB!

Este é, segundo o Eurostat, o valor da nossa dívida pública.

(graças aos gestores políticos, principalmente os do PS e, particularmente, José Sócrates).