Na base do conhecimento está o erro

Archive for 2011-12-09

Que pouca vergonha!

Bem diz o povo: “Zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades”.

Na sequência da saída da Ruptura/FER do BE, a mesa nacional deste partido classificou a mesma como sectária e irresponsável.

Já um dos destacados dirigentes do Bloco de Esquerda, João Semedo, recordou a proposta de criação de brigadas em solidariedade com os talibã no Afeganistão ou a do apelo ao voto em branco nas eleições presidenciais e acusou a Ruptura/FER de radicalismo.

As leituras que se devem fazer são as seguintes:
Primeiro, para o BE, a Ruptura/FER não era sectarista nem irresponsável.  Tornou-se, agora que abandonou o Bloco para formar um partido político.
Segundo, pior, mas muito pior, é que enquanto a Ruptura/FER esteve integrada no BE não havia nenhum problema quanto ao radicalismo das suas posições.

Quem são os parasitas?


Crise europeia (2)

Aqui


Crise europeia

Aqui

Aqui

Aqui