Na base do conhecimento está o erro

Socialismo ou processo socializante?

Há 36 anos que nos impingem o socialismo!
Mas em Portugal nunca houve socialismo. O que existe é o processo socializante.

Sim, é verdade. Em Portugal nunca houve socialismo porque o seu principal rosto, Mário Soares, é um grande apreciador da propriedade privada (particularmente, da sua).
No entanto, como o socialismo lhe caiu ao colo e levou-o ao poder, algo teria que ser feito.
Foi assim que, embora não sendo um verdadeiro socialista (Mário Soares não é socialista, mas não se importa que os outros o sejam), o líder do Partido Socialista deu aos portugueses o processo socializante. Evidentemente, pagamos um preço. A começar pelo declínio da democracia e pela qualidade dos nosso eleitos.

Ora, no PS, o exemplo foi seguido pelos seus líderes, principalmente por aqueles que não eram verdadeiros socialistas, mas que perceberam que manter ou aumentar o processo socializante lhes permitia ganhar eleições (à custa do futuro do país).

Chegados aos dias de hoje, o que é que o processo socializante permitiu aos portugueses?
Ensinou-os a não trabalhar, a ser subsidiodependentes e fê-los perder o respeito. Por si próprios e com o outros.

Advertisements

One response

  1. Jorge Antunes

    Mário Soares, António Guterres e José Sócrates são exemplos de homens impreparados que chegaram a líderes. Resultado, o país afundou-se.

    2011-11-25 at 9:45

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s