Na base do conhecimento está o erro

A vida continua …

 

… igual!!!

WHAT ELSE IS NEW?

(O exemplo dos nossos deputados)

 

9 responses

  1. Independente e alheia à tudo, a vida continua. Queiramos ou não que pare, ela segue sem ligar seu rumo ao nosso querer ou pensamento.

    É isso!

    Vicente!

    Um forte abraço!

    Mirze

    2010-08-10 às 21:56

  2. Pois é, a vida continua. E continua também esta mediocridade modorrenta de ir buscar o guito ao fim do mês e trabalhar o menos possível, quando se exigia que estas pessoas dessem o exemplo.
    É por estas e por outras que existe tanta resistência à mudança, mas esta vai acontecer.

    2010-08-10 às 23:08

  3. eu também gostava de trabalhar o menos possível

    ou então

    ter muito prazer a trabalhar:

    escrever.

    a mediocridade (palavra que não gosto) não é trabalhar pouco, é roubar aos outros e não dar o exemplo de honestidade, lealdade para com o outro e sentido de serviço.

    e ah, ter prazer em servir os portugueses. adorar servir este país maravilhoso! os deputados parece que fazem um frete em estar ali!

    um abraço
    jorge

    2010-08-10 às 23:25

  4. Maria Joao Gonçalves

    É verdade … e a vida continua …. e o circo continua …. mas vale a pena tentar mudar algumas coisas 🙂 se vale ! e aí sim … com um sorriso nos lábios : a vida continua mas fizemos alguma coisa que tenha valido a pena.

    2010-08-11 às 1:22

  5. Alguma coisa tem que mudar, porque, apesar das aparências, as pessoas não permanecem sempre iguais.

    E a mudança começa em cada um de nós, quando se pensa nisso para valer.

    Abraço.

    2010-08-11 às 2:52

  6. José Albano da Silva Mourão

    A vida continua…

    É verdade amigo Vicente. Mas infelizmente a nossa vida colectiva continua contínua. Esperemos que surja no horizonte quem consiga rasgar a cortina que nos oculta o
    olhar…

    2010-08-11 às 9:02

  7. A mudança de mentalidade é muito difícil, pricipalmente para quem olha só para o seu umbigo.

    2010-08-12 às 19:12

  8. Maria José M. Gil Conde

    Homens sede homens, palavras de João Paulo II. Onde estão eles e elas? Onde está a nacionalidade? A coerência, a dignidade? Ou será que Fernando Pessoa tinha total razão
    ao dizer, que os portugueses mudam consoante o novo dia que nasce? Dignidade é dar civismo
    a um povo, perdido por atalhos, e ter a coragem de não aceitar um cargo sem o mínimo de
    competência, para formar uma equipa una e sem preciosismos.

    2010-08-15 às 16:52

  9. Maria Antónia Moreira Anacleto Pereira Leite

    Temos mesmo que mudar… é urgente. Viver assim cansa.

    2010-08-16 às 16:17

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s