Na base do conhecimento está o erro

Esclarecimentos à José Sócrates

Já no início de Fevereiro, o Primeiro-Ministro garantia na Assembleia da República (AR) que não haveria aumento da carga fiscal e que as contas públicas seriam controladas pela redução da despesa.

É por isso que, em concordância com o Orçamento de Estado recentemente negociado, nenhum ministério têm a possibilidade de gastar mais do que o anterior exercício.

Segundo José Sócrates, o agravamento de IRS não é aumento de impostos.
No entanto, e apesar da introdução da taxa de 45% sobre rendimentos superiores a 150 mil euros anuais, esta medida , para além de estar prevista no programa do Governo, não é um aumento de impostos devido à justiça fiscal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s