Na base do conhecimento está o erro

Realidade

A verdade deveria ser a condição sine qua non na relação entre eleitores e eleitos. Mas, aparentemente, os dirigentes políticos deste país não aprendem.

O PS, depois de ter feito campanha eleitoral apregoando a necessidade dos investimentos públicos como imprescindíveis à recuperação económica, vem agora, através do Ministro das finanças, anunciar o adiamento do TGV, por um período de dois anos.

Tendo já anteriormente revelado uma incapacidade total na previsão das influências externas na realidade portuguesa, e eventualmente estando a prever legislativas antecipadas, Teixeira dos Santos deixa para o seu sucessor o aviso, daqui a dois anos, que as linhas de alta velocidade, nomeadamente as linhas Lisboa-Porto e Porto-Vigo não deverão ser construídas.

A prudência indica que mais valia adiar o investimento até o limite de 3% imposto pelo PEC estar reposto.

A realidade acaba sempre por os contradizer, mas não há maneira dos políticos dizerem a verdade!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s