Na base do conhecimento está o erro

Archive for 2008-09-11

Sobre a essência das leis

Julgo que os recentes desenvolvimentos na sociedade portuguesa não deveriam espantar ninguém.
O aumento da tensão social e aparecimento de crimes violentos, que amiúde se repetem, deviam ser analisados tendo em mente alguns pontos.

Já alguém reflectiu no porquê da vitória de António de Oliveira Salazar como o maior português?

Será que nenhum dos nossos políticos leu Dostoievski?

As leis devem, na sua essência, dissuadir e punir o crime. Ou estarei errado?

O que é que se passa com o legislador(es) português?


Perguntar é preciso

Porque é que os cidadãos não conseguem interpelar os seus representantes políticos?
Porque é que os políticos não gostam de ser interrogados quanto às suas certezas?

Não é um direito e um dever do cidadão inquirir para ser informado?
Que tipo de cidadania querem os políticos?

Qual é o limite da liberdade?